O Que Acontece em Caso de Falecimento do Locador ou Locatário Durante uma Locação

Atualizado em: 10 de maio de 2024             



O Que Acontece em Caso de Falecimento do Locador ou Locatário Durante uma Locação
O Que Acontece em Caso de Falecimento do Locador ou Locatário Durante uma Locação

A morte de uma das partes envolvidas em um contrato de locação pode criar diversas complicações legais e práticas.

Neste artigo, discutiremos as consequências contratuais e as medidas a serem tomadas em caso de falecimento do locador ou locatário durante o período de locação.

1. Falecimento do Locador Durante a Locação

Transmissão da Locação aos Herdeiros

De acordo com a Lei do Inquilinato (Lei Federal 8.245/91), em seu Artigo 10:

"Morrendo o locador, a locação transmite-se aos herdeiros."

Isso significa que, no momento do óbito do locador, seus herdeiros passam a assumir a posição de locador no contrato de locação. Os herdeiros devem notificar o locatário sobre o falecimento do locador.

Manutenção do Contrato Existente

O contrato de locação original, firmado com o falecido, permanece válido, e não é necessário criar um novo contrato.

Partilha dos Bens e Pagamento do Aluguel

Se a partilha dos bens deixados pelo locador falecido não ocorrer de forma amigável entre os herdeiros, o pagamento do aluguel pode se tornar complexo. Nesse caso, o locatário deve tomar algumas precauções:

Passos a serem Seguidos pelo Locatário:

I. Verifique a existência de um processo de inventário em aberto no fórum de residência do locador.

II. Se houver um processo de inventário, faça os pagamentos do aluguel em uma conta judicial, informando o juiz do processo.

III. Caso não exista um processo de inventário em andamento, você pode abrir uma ação judicial conhecida como "Ação de Consignação de Aluguéis," favorecendo os herdeiros conhecidos até então.

Administração de Imóveis como Intermediadora

Se houver uma administradora de imóveis intermediando o contrato, o pagamento do aluguel deve ser direcionado a ela, eliminando a preocupação do locatário em relação à correta distribuição dos valores entre os herdeiros.

2. Falecimento do Locatário Durante a Locação

Transmissão dos Direitos e Obrigações

A Lei do Inquilinato, em seu Artigo 11, estabelece:

Locações Residenciais:

I. Nas locações com finalidade residencial, os seguintes indivíduos ficarão sub-rogados nos direitos e obrigações do locatário falecido, na ordem de preferência: cônjuge, companheiro, herdeiros necessários e pessoas que viviam na dependência econômica do locatário, desde que residentes no imóvel.

II. Nas locações com finalidade não residencial, o espólio e, se aplicável, seu sucessor no negócio assumirão os direitos e obrigações do locatário falecido.

Cenários em Locações Residenciais:

Cenário I: Se o locatário falecido morava com alguém que atenda aos critérios mencionados, a locação permanece válida, e a pessoa que ainda reside no imóvel se torna o novo locatário.

Cenário II: Se não houver pessoa que atenda às condições mencionadas no Cenário I, o contrato de locação residencial é simplesmente extinto, permitindo que o locador retenha seu imóvel para uma nova locação.

3. Falecimento do Locatário com Fiador

Notificação ao Fiador

Se o contrato de locação firmado com o locatário falecido envolver um fiador, é crucial notificar o fiador sobre o falecimento e a rescisão do contrato do locatário. Isso ocorre porque a garantia prestada pelo fiador é pessoal e não se estende a outras partes.

Nova Garantia para Novos Locatários

Os novos locatários, caso existam, deverão providenciar uma nova garantia para a locação, uma vez que a garantia dada pelo fiador não é transferível automaticamente para eles.

Conclusão

Neste artigo, exploramos as implicações legais e práticas que ocorrem quando um locador ou locatário falece durante um contrato de locação no Brasil. É essencial compreender as regras estabelecidas pela Lei do Inquilinato e o Código Civil Brasileiro para lidar adequadamente com essas situações desafiadoras.

Para resumir:

1. No caso do falecimento do locador, a locação é transmitida aos herdeiros, e o contrato original permanece válido. Os herdeiros devem notificar o locatário e organizar o pagamento do aluguel.

2. Se o locatário falece em uma locação residencial, a Lei do Inquilinato prevê regras específicas para a transmissão dos direitos e obrigações, dependendo da presença de cônjuge, companheiro, herdeiros necessários ou pessoas dependentes economicamente.

3. Em situações envolvendo um fiador e o falecimento do locatário, é importante notificar o fiador e considerar a necessidade de uma nova garantia para os novos locatários.

Lidar com questões contratuais após um falecimento pode ser complexo, mas o conhecimento das leis e a busca de orientação legal são passos fundamentais para evitar problemas e conflitos futuros.

Em última análise, este artigo serviu como um guia informativo para aqueles que se encontram em situações inesperadas durante contratos de locação no Brasil. Esperamos que as informações fornecidas aqui tenham esclarecido dúvidas e ajudado a preparar-se para enfrentar esses desafios de forma consciente e responsável.

Referências Legais

Lei Federal 8.245/91 (Lei do Inquilinato).

Lei Federal 10.406 (Código Civil Brasileiro).


Author: Gustavo Falcão

Gustavo Falcão

Gustavo Falcão, fundador da 99contratos, oferece soluções acessíveis e descomplicadas para o conhecimento jurídico.

Através de modelos de contratos personalizáveis, sua missão é garantir praticidade e segurança jurídica.

Sempre buscando aprimorar seus serviços e expandir suas áreas de atuação, Gustavo acredita na tecnologia como aliada para simplificar processos burocráticos e democratizar o acesso ao conhecimento jurídico.


Nossos Contratos

Busca um contrato personalizado para atender as suas necessidades?

Utilize um dos nossos e conte com todo apoio que necessitar.

Comodato Residencial

Notificação para Rescisão de Locação Residencial

Recibo de Pagamento de Aluguel

Hospedagem






Sobre a 99Contratos!

A 99Contratos é uma LegalTech 100% nacional, criada e desenvolvida pensando no público brasileiro.

Nosso time é formado por especialistas em documentos legais e profissionais apaixonados por novidades que possam ajudar o dia a dia de todos.

Atualmente somos a maior plataforma para a criação de contratos personalizados e documentos legais de forma automatizada do Brasil.