Duvidas Frequentes Dúvidas Frequentes

DÚVIDAS FREQUENTES
Para retornar clique fora deste quadro ou no X ao lado.
 


Deslize para baixo para mais informações deslize para baixo para mais informações
Contrato de Compra e Venda de Veículos
Modelo de Contrato de Compra e Venda de Veículo

Contrato de Compra e Venda de Veículo


avaliações contratos 335 avaliações
Leia as opiniões de quem utilizou a 99Contratos
Formatos: Word e PDF
Última revisão: 31/10/2019


O contrato de compra e venda de veículo deve ser utilizado por quem deseja se comprometer a vender ou a comprar um determinado veículo.

Este contrato estabelece as condições para a negociação do veículo, como qual será o valor ajustado, a sua forma de pagamento, as responsabilidades e outras regras.

Fornecemos junto com o seu contrato um modelo de laudo de vistoria do veículo, documento recomendado para acompanhar a negociação, oferecido gratuitamente ao gerar o seu contrato conosco.


O seu contrato será gerado a partir das suas respostas, de maneira única e personalizada, para assim atender a sua necessidade. E você também contará com todo nosso suporte para orientações e ajustes que necessitar.

O nosso

modelo de contrato de compra e venda de veículo

foi revisado de acordo com a lei federal nº 10.406.


Deslize para baixo para mais informações

O CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE VEÍCULO


O contrato de compra e venda de veículo serve como um facilitador para a boa convivência entre todas as partes envolvidas na negociação da compra e venda de um determinado veículo.

Este é o documento no qual o proprietário (vendedor) se compromete a vender, e o comprador por sua vez a comprar, um determinado veículo mediante o pagamento de um valor acordado.

Para que a negociação seja concluída e considerada definitiva, é necessário que o comprador conclua com as suas obrigações descritas no contrato, como efetuar o pagamento, e efetuar a transferência de propriedade junto ao órgão responsável.

Este contrato serve principalmente como uma garantia para ambas as partes.
Servindo como uma forma de garantir o acordo e assegurar que nenhuma das partes, vendedor ou comprador, vai desfazer a negociação.

Ela também serve para ajudar e esclarecer as principais dúvidas sobre a compra e venda do veículo, como:

• A identificação e qualificação das partes envolvidas;
• A descrição do veículo que será vendido;
• Quais serão os prazos para se efetuar o pagamento e a entrega do veículo;
• A definição do valor que o comprador pagará ao vendedor;
• As obrigações, os deveres e os direitos das partes envolvidas;
• As Responsabilidades por dívidas existentes e multas caso existam;
• Como proceder em caso de rescisão por qualquer uma das partes.

Uma vez definidos os direitos, os deveres e as obrigações de cada parte, é possível evitar conflitos que poderiam resultar em brigas judiciais, prevenindo as partes de prejuízos e da perda de tempo.

Ou seja, o contrato não deve ser visto como uma mera formalidade, mas sim como uma ferramenta importante para proteger as partes envolvidas nesta negociação.
CARREGANDO...
Informações complementares

TRANSFERÊNCIA DE PROPRIEDADE


O comprador do veículo é o responsável pelos procedimentos relativos à transferência de propriedade do veículo. E recomenda-se que o vendedor, antigo dono, deve sempre comunicar ao Detran sobre a venda.

Tem-se 30 (trinta) dias para efetuar a transferência do veículo, prazo este estipulado pelo Código de Trânsito Brasileiro. Caso não ocorra a transferência do veículo neste prazo, ocorrerá uma infração grave, com aplicação de multa e perda de pontos na Carteira de Habilitação (CNH).

PREENCHIMENTO DO DUT (Documento Único para Transferência)


O Documento Único para Transferência (DUT) deve ser preenchido somente após a concretização da venda. O vendedor deve preencher o documento com os dados do comprador.

É comum que o vendedor combine com o comprador que, após a concretização da venda e o preenchimento do documento, ambos compareçam em um cartório para assinar o documento e efetuar o reconhecimento de firma.

Antes de entregar o documento ao comprador, é recomendado que o vendedor tire uma cópia autenticada e faça um recibo de que foi entregue ao comprador o documento original, indicando expressamente a data da entrega do documento e transmissão da posse do veículo. Com isso, o vendedor resguarda todos os seus direitos e constitui prova para futuras ilegalidades que possam ocorrer com o veículo.

Desde 2014 o próprio cartório comunica a transferência ao Detran, não dispensando o ato do comprador, mas para proteger o vendedor.

MULTAS PÓS VENDA


O novo proprietário do veículo fica responsável pelo pagamento das multas decorrentes das infrações de trânsito, taxa de licenciamento e seguro obrigatório e IPVA a partir do momento em que a posse do bem foi efetivada.

GARANTIA PÓS VENDA


Quando um veículo usado é negociado em um estabelecimento comercial – concessionária, loja, agência, garagem ou estacionamento, por exemplo, ou com uma pessoa física que faz da venda de automóveis o seu negócio, essa compra está amparada pelo Código de Defesa do Consumidor (CDC). Neste caso, a garantia do carro usado é prevista no Código de Defesa do Consumidor e deve ter a duração de 90 (noventa) dias. A garantia legal de 90 (noventa) dias abrange todo o veículo e suas peças.

Já quando se negocia um veículo usado com um vendedor particular, pessoa física ou jurídica que não tem a comercialização de automóveis como seu negócio, não está amparado pelo CDC, mas sim pelo Código Civil. Neste caso, o vendedor não tem obrigação de garantir o carro que está vendendo. Já que ele – o negociante – não é considerado fornecedor por não possuir habitualidade nessa prática.

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA A EFETUAR TRANSFERÊNCIA


Além de eventuais outros possíveis documentos, formulários, e taxas, usualmente é solicitado pelo DETRAN a seguinte a lista para o serviço de transferência:

a) Documento de identificação pessoal – original e cópia simples;
b) Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) – original e cópia simples;
c) Comprovante de endereço – original e cópia simples;
d) Certificado de Registro de Veículo (CRV) – original, devidamente preenchido, com firma reconhecida por autenticidade do vendedor e do comprador;
e) Laudo de vistoria de identificação veicular – original;
f) Comprovante de pagamento de débitos (tributos, multas ou encargos pendentes) – original;

RECOMENDAÇÕES E DICAS PARA A VENDA


1. Certifique-se do recebimento do valor acordado antes de dar início aos procedimentos quanto à documentação.
2. Depois da conclusão das transações bancárias, tanto o vendedor quanto o comprador devem preencher o Certificado de Registro do Veículo (CRV). O vendedor precisa colocar a data da venda. Reconheça firma da assinatura.
3. Evite assinar procuração com a concessionária. Se a empresa for vender o carro para você, faça um contrato de consignação. Se o carro entrar no negócio de outra compra, prefira a transferência no ato da venda.
4. O CRV não deve ficar com o motorista no dia a dia, mas sim, guardado em local seguro.
5. Evite entregar o documento em branco ao comprador do veículo ou a despachantes.
6. Tire uma cópia autenticada de toda a documentação de venda.
7. Informe ao Detran que o veículo foi vendido em até trinta dias após a data de assinatura do documento. O vendedor deve levar a cópia autenticada do comprovante de transferência, devidamente preenchido e com a firma reconhecida.
8. Por lei, o novo proprietário tem no máximo 30 dias para fazer a transferência, a contar da data da venda, que consta do CRV.
9. Se no prazo estipulado o carro não for transferido, o antigo dono deve solicitar o bloqueio do veículo por falta de transferência.
10. Guarde o documento com o bloqueio do veículo. Ele protege o vendedor de qualquer tipo de problema e o novo proprietário só conseguirá licenciar o veículo após efetuar a regularização da transferência.

LAUDO DE VISTORIA


É recomendado que seja anexado ao contrato um laudo de vistoria do veículo. Este documento deve ser elaborado, em duas vias, descrevendo as condições gerais do veículo, como pintura, vidros, motor, pneus, entre outras.

Uma via deverá ficar com o comprador e outra com o vendedor.

Com este laudo, o comprador não poderá posteriormente reclamar de algo que antes não existia (um amassado / batida por exemplo). O proprietário poderá recusar a obrigação de um reparo caso seja provado que não existia antes da venda e que tenha sido causado pelo mal uso.

A 99Contratos fornece um modelo de laudo de vistoria gratuitamente, que acompanha o contrato.
CARREGANDO...

CURTA E COMPARTILHE

Curtiu estas informações ou conhece alguém que precisa de um contrato de compra e venda de veículo?

Curta ou compartilhe clicando em uma das opções abaixo:

Como gerar o seu contrato personalizado
1. Preencha o contrato
Preenchendo contrato
Responda algumas perguntas e o seu contrato será criado de forma personalizada.

2. Salvar - Imprimir
Imprimir contrato
Você poderá salvar, imprimir, e enviar para seu e-mail o seu contrato livre para edição em formato Word (doc e docx) e PDF.



Prévia do Modelo para Download





CONTRATO DE COMPRA E VENDA DE VEÍCULO
Conforme a lei federal nº 10.406


Entre:


______________, solteiro, nacionalidade: ______________, profissão: ______________, carteira de identidade (RG) n.º ______________, expedida por ___________, CPF n.º ______________, residente em: ______________,
doravante denominado COMPRADOR,

e:

______________, solteiro, nacionalidade: ______________, profissão: ______________, carteira de identidade (RG) n.º ______________, expedida por ___________, CPF n.º ______________, residente em: ______________,
doravante denominado VENDEDOR.


Têm entre os mesmos, de maneira justa e acordada, o contrato de compra e venda de veículo, ficando desde já aceito, pelas cláusulas abaixo descritas.



CLÁUSULA 1ª - DO OBJETO DA COMPRA E VENDA

O VENDEDOR declara-se legitimo possuidor, e compromete-se por meio deste contrato, a vender o veículo automotor modelo ______________, ano de fabricação e modelo ______________, com placa ______________, chassi ______________ e com a seguinte descrição:
______________

§ 1º. O veículo objeto deste contrato é usado, apresentando desgaste natural decorrente do tempo, e foi devidamente vistoriado e inspecionado pelo COMPRADOR, que tomou ciência de suas condições e estado de conservação.

§ 2º. O veículo encontra-se livre de qualquer ônus ou encargos.

§ 3º. Eventuais débitos ou restrições do veículo objeto deste contrato, tais como multa, IPVA, licenciamento, restrições financeiras, tributárias, judiciárias, administrativas, dentre outras, ocorridos até a transferência da posse do veículo para o COMPRADOR, mesmo que ainda pendentes de lançamento pelo órgão competente, são de inteira responsabilidade do VENDEDOR.


CLÁUSULA 2ª - DO PREÇO

O valor da presente negociação, ajustado livremente entre as partes, é de R$ ______________ (______________ reais), que será pago nas seguintes condições:
______________

§ 1º. O COMPRADOR não vindo a efetuar o pagamento, fica obrigado a pagar multa de ____% (_____________ por cento) sobre o valor devido, bem como juros de mora de ____% (_____________ por cento) ao mês sobre o valor devido.

§ 2º. Caso ocorra atraso no pagamento de uma ou mais parcelas por um período superior à 30 (trinta) dias, fica o COMPRADOR sujeito a ter a posse do veículo configurada como Apropriação Indébita, implicando também a possibilidade de adoção de medidas judiciais, inclusive a Busca e Apreensão do veículo e/ou lavratura de Boletim de Ocorrência, cabendo ao COMPRADOR ressarcir o VENDEDOR das despesas oriundas da retenção indevida do bem, arcando ainda com as despesas judiciais e/ou extrajudiciais que o VENDEDOR venha a ter para efetuar a busca, apreensão e efetiva reintegração da posse do veículo.


CLÁUSULA 3ª - DA POSSE E UTILIZAÇÃO DO VEÍCULO

Será entregue ao COMPRADOR pelo VENDEDOR, o veículo objeto deste contrato, e permitida a sua utilização, no momento da assinatura do presente contrato.

§ 1º. As multas ou quaisquer outras infrações às leis de trânsito, cometidas pelo COMPRADOR, enquanto a propriedade do veículo ainda estiver em nome do VENDEDOR serão de responsabilidade do COMPRADOR, devendo ser transferidas para seu nome quando da notificação pelos órgãos competentes.

§ 2º. O VENDEDOR concorda que é de sua responsabilidade todos os fatos ou eventos ocorridos antes da transferência da posse do veículo que determinem ao COMPRADOR qualquer tipo de responsabilidade civil, administrativa, tributária e/ou criminal.


CLÁUSULA 4ª - DA TRANSFERÊNCIA DA PROPRIEDADE DO VEÍCULO

Será entregue ao COMPRADOR pelo VENDEDOR, o Documento Único de Transferência (DUT), devidamente preenchido, e permitida a transferência da propriedade do veículo, no momento da assinatura do presente contrato.

Parágrafo único. O COMPRADOR concorda que todas as despesas a ele referentes, inclusive impostos, seguros, taxas de qualquer natureza e demais despesas inerentes ao veículo, correm exclusivamente por sua conta a partir da posse do veículo.






CARREGANDO...






Outros contratos para compra e venda
Caso este contrato não seja o que está buscando, visite outros modelos baseados no mesmo tema que temos em nossa plataforma.

• Contrato de Compra e Venda • Contrato de Compra e Venda de Imóvel • Contrato de Compra e Venda de Terreno Urbano • Contrato de Compra e Venda de Estabelecimento Comercial • Contrato de Permuta de Imóveis

descrição contrato

Seu documento será personalizado de acordo com suas respostas.

Cláusulas e condições são adicionadas e/ou removidas para atender suas necessidades.

O preenchimento de dados digitáveis não é obrigatório. Campos deixados em branco poderão ser alterados no arquivo Word disponibilizado no final do processo.

Clique no botão ao lado sempre que quiser ver como está sendo gerado o contrato.

No final lhe será apresentado o documento para a sua revisão.

 




salvar sessão contrato

Salvar dados para continuar depois

restaurar sessão contrato

Restaurar dados salvos

restaurar sessão contrato

Concluir contrato

loading

Previa Contrato Ver a prévia do Contrato

dica contrato

Escolha a opção acima para retornar para a prévia do seu documento.

 
descrição salva sessao

Os dados preenchidos serão salvos em uma sessão acessível somente por você.

Utilize um e-mail e um código de acesso para que os dados sejam armazenados com segurança, e assim, utilizando eles você poderá continuar o preenchimento do contrato em outro momento.