Para que serve um contrato de prestação de serviços?

Confira em nosso artigo informações sobre o contrato de prestação de serviços, para que serve e como criar um de acordo com a legislação brasileira.

Artigo
 


Para que serve um contrato de prestação de serviços.

Continua após a publicidade
Artigo Importância contrato prestação de serviços

P or se tratar de um bem que não se pode tocar, oferecer um serviço é muito diferente de vender um item. É necessário garantir que quem presta o serviço e que quem o contrata fique protegido, estabelecendo uma relação que seja positiva para ambas as partes. Assim, o contrato de prestação de serviços existe de modo a firmar a parceria que existerá entre o contratante e o contratado.

O problema é ainda existem muitas dúvidas em torno deste contrato, de como deve ser usado e o que deve estar contido em sua elaboração.

Para que serve o contrato de prestação de serviços?

O contrato de prestação de serviços funciona de modo a estabelecer quais são as responsabilidades de ambas as partes na contratação do serviço.

Além disso, o contrato também determina quais são as obrigações e direitos das partes, qual o procedimento a ser tomado caso uma das partes seja prejudicada de alguma forma e quais são as garantias de que tudo será entregue conforme prometido durante a prestação do serviço em si.

Portanto, ele determina que o contratante receba aquilo pelo que pagou e que o prestador de serviços cumpra com aquilo que fora prometido.

Por que ter um contrato de prestação de serviços é importante?

O funcionamento do contrato de prestação de serviços já deixa claro qual é a sua relevância: proteger as duas partes. Ele é responsável por oferecer a segurança necessária para que um determinado serviço seja feito da forma como foi inicialmente combinado e planejado.

Esse modelo de contrato ajuda a garantir que o contratante não fique sem o serviço e que ocorra o pagamento adequado para o contratado.

Também é uma forma de controlar a qualidade do serviço, porque uma vez que ele seja finalizado é possível analisar o resultado final de acordo com o que foi disposto em contrato. Caso o contratante ou o prestador não cumpra sua parte, o contrato oferece respaldo jurídico para que uma das partes ou ambas procurem a Justiça em busca de reparação.

Publicidade

Como criar um contrato de prestação de serviços?

O contrato de prestação de serviços deve conter alguns elementos fundamentais para que ele tenha validade e ofereça a proteção necessária.

Para montar um contrato de prestação de serviços é necessário:


• Identificar ambas as partes de forma completa

O contrato de prestação de serviços deve começar com uma identificação das partes, ou seja, especificando quem é contratante e contratado. Essa parte exige que dados como nome completo e documentos de identificação, como o RG, estejam corretos.

• Objeto do contrato - O serviço detalhado

Em um documento do tipo, o objeto do contrato é o próprio serviço a ser prestado. Nesse momento é preciso detalhar tudo o que engloba o serviço que será contratado. Quanto mais detalhada esta parte for, mais fácil se torna alinhar as expectativas. E também mais seguro será o contrato.

• As Obrigações do contratado

Nessa parte deve ser estabelecido tudo o que o prestador de serviço se compromete a fazer de modo a garantir a entrega de um serviço de qualidade e dentro das expectativas. Podem estar presentes questões como a quantidade de resultados que serão entregues dentro de um determinado período, quais serão os resultados finais, se alterações serão realizadas mediante solicitação e assim por diante.

Para que o contrato se cumpra adequadamente, todas essas obrigações deverão ser observadas.

• Obrigações do contratante

O contratante também precisa se comprometer em seguir uma série de ações. A definição dessas obrigações é necessária porque muitas vezes o contratado precisa ter a seu dispor certa estrutura para conseguir desempenhar suas funções e é obrigação do contratante garantir que essa estrutura seja disponibilizada adequadamente.

Além disso, as obrigações do contratante também tratam do pagamento em dia e conforme combinado, além do fornecimento de informações necessárias para a realização do serviço adequado.

• Preço e condições de pagamento

Esta cláusula é que estipula o valor do contrato e, uma vez definida, não pode ser alterada sem que ambas as partes concordem. Assim, o contratado precisa avaliar muito bem o projeto, para assim definir um preço adequado, assim como o contratante precisa estar de acordo com o valor no momento da assinatura.

Quanto às condições, elas estabelecem como e quando o pagamento deve acontecer.

Estabelecer prazo limite também é necessário para evitar atrasos e permitir a cobrança do contratante caso haja inadimplência. Caso o prazo do contrato seja mais extenso, é possível definir quais são as condições para o reajuste de preços, como qual indicador será utilizado para realizar o reajuste.

• Prazo

O prazo determina por quanto tempo o contrato é válido e deve estar de acordo com o serviço a ser prestado. O Código Civil estabelece que o limite máximo para o contrato de prestação de serviços é de 4 anos, podendo ele ser renovado se for de desejo das partes.

Deve-se definir claramente a sua vigência, o que pode significar uma semana, um mês ou um ano.

• Rescisão, multa e descumprimento

Esta cláusula serve para estabelecer as condições que caracterizam o descumprimento de contrato.

Para o contratante isso pode significar o pagamento realizado de maneira inadimplente e fora das condições, por exemplo. Para o contratado isso pode ser um serviço com qualidade abaixo ou diferente do esperado e estabelecido em contrato.

No caso de descumprimento o contrato deve apresentar quais são as medidas cabíveis para que a outra parte não saia no prejuízo.

Já a rescisão de contrato acontece quando uma das partes deseja encerrá-lo antes do seu encerramento.

Continua após a publicidade

Conclusão

O contrato de prestação de serviços é um dispositivo legal que tem como objetivo proteger tanto quem contrata quanto quem é contratado.

Para montar um contrato do tipo é necessário se preocupar com a definição de diversas partes que compõem essa relação, explicitando e detalhando os pontos mais importantes. Assim, em caso de dúvidas ou problemas o contrato pode ser usado judicialmente.

Se você tiver qualquer dúvida ou queira comentar sobre este artigo vá na sessão de comentários logo abaixo, respondemos bem rápido para você!

Referências:
Lei 10.406

Curtiu nosso artigo?

Deixe a sua curtida, assim o nosso time saberá que o artigo foi útil e nos motivará à criar novos para ajudar você.

Confira também nossos outros artigos sobre o tema.


Nossos Contratos Busca um contrato personalizado?
Utilize um dos nossos:
•  Prestação de Serviços

•  Empreitada

•  Transporte Escolar



Publicidade



Continua após a publicidade

Sobre nós!

A 99Contratos é uma LegalTech 100% nacional, criada e desenvolvida pensando no público brasileiro.

Nosso time é formado por especializadas em documentos legais e profissionais apaixonados por novidades que possam ajudar o dia a dia de todos.

Atualmente somos a maior plataforma para a criação de contratos personalizados e documentos legais de forma automatizada do Brasil.

footer email

Qualquer dúvida entre em contato conosco pelo e-mail contato@99contratos.com.br, ou pela opção de contato localizado no menu em nosso site. O atendimento é realizado de segunda a domingo, das 8h à meia noite.

© 2018 - Todos direitos reservados - 99Contratos - Seu documento personalizado!