Aluguei um imóvel por 30 meses, posso sair antes desse período?

Criado em: 15 de junho de 2022             
Atualizado em: 15 de junho de 2022             


Aluguei um imóvel por 30 meses, posso sair antes desse período?
Aluguei um imóvel por 30 meses, posso sair antes desse período?

S e você tem um contrato de locação feito com um prazo determinado, seja ele 30 meses ou não, e deseja encerrar o contrato, poderá assim fazer, visto que ninguém pode obrigar uma pessoa a fazer algo que não deseja.

Porém, você deve verificar antes se o seu contrato contém ou não uma cláusula de penalidade em caso de rescisão antecipada, e se a tiver, qual será a multa a ser paga.

Existe uma regra que é obrigatória no caso de rescisão: quanto mais tempo você estiver morando no imóvel mais baixo será o valor da multa. Vamos explicar tudo isso melhor.

A multa

A Lei do Inquilinato não define um valor limite para a multa, devendo ela não ser superior ao valor total do contrato.

Exemplo: se um imóvel foi alugado por 12 meses com aluguel a R$ 1.000,00, a multa por rescisão não poderá ser superior à R$ 12.000,00.

Mas recomendamos que a multa não seja superior à 10% do valor total do contrato, para que não ocorra o risco da multa ser questionada judicialmente e taxada como enriquecimento ilícito.

Na prática, o que mais é encontrada é a multa que cita 3 meses de aluguel, o que coincidentemente é 10% de 30 meses, prazo este que também é comum.

Ou seja, muitas imobiliárias se protegem contra a possibilidade de anulação da multa ao aplicar o prazo e a multa.

Proporcionalidade

Já o valor a ser pago pela multa em caso de rescisão deve ser sempre proporcional ao tempo restante, e essa obrigatoriedade está prevista na Lei do Inquilinato.



"Art. 4º. Durante o prazo estipulado para a duração do contrato, não poderá o locador reaver o imóvel alugado. Com exceção ao que estipula o § 2o do art. 54-A, o locatário, todavia, poderá devolvê-lo, pagando a multa pactuada, proporcional ao período de cumprimento do contrato, ou, na sua falta, a que for judicialmente estipulada."



Exemplo:

1. Pedro alugou uma casa por 30 meses, com o valor de aluguel de R$ 1.000,00. Nesta locação a multa ficou como três vezes o valor do aluguel, ou seja, R$ 3.000,00.

Pedro permaneceu no imóvel por 10 meses, precisando sair do imóvel e solicitando assim a rescisão.

Ele ficou, portanto, 1/3 do prazo (10 de 30), e assim deverá pagar 2/3 da multa, que seria neste caso o valor de R$ 2.000,00.

Notificações

Ao solicitar uma rescisão de locação, deverá o inquilino notificar o proprietário ou a imobiliária com um prazo de 30 dias de antecedência.

Caso não ocorra a notificação, além da multa de rescisão pode o inquilino ter também a adição de um mês de aluguel no valor a pagar.

Sugestão

Existe uma sugestão que é feita para agradar tanto o proprietário quanto o inquilino, que é a isenção da multa depois de um determinado tempo de locação.

Exemplo: se a locação for por 30 meses, poderá o locador desconsiderar a multa se a locação passar de 12 meses.

O locador paga multa se quiser rescindir?

O locador não paga multa, pois ele não pode solicitar a rescisão da locação. Exceto se tiver algum motivo previsto legalmente para isso, conforme explicado neste artigo.

Ou seja, a multa somente é válida para o inquilino, e não para o proprietário.


Referências:
Lei 10.406
Lei do Inquilinato


Curtiu nosso artigo?

Deixe a sua curtida, assim o nosso time saberá que o artigo foi útil e também nos motivará a criar novos artigos para ajudar você.


Nossos Contratos

Busca um contrato personalizado para atender as suas necessidades?

Utilize um dos nossos e conte com todo apoio que necessitar.

Locação Residencial

Locação Comercial

Locação para Temporada

Hospedagem




Sobre a 99Contratos!

A 99Contratos é uma LegalTech 100% nacional, criada e desenvolvida pensando no público brasileiro.

Nosso time é formado por especialistas em documentos legais e profissionais apaixonados por novidades que possam ajudar o dia a dia de todos.

Atualmente somos a maior plataforma para a criação de contratos personalizados e documentos legais de forma automatizada do Brasil.