Tudo o que você gostaria de saber sobre o registro de uma união estável

Confira em nosso artigo abaixo informações sobre como e quando se pode oficializar uma união estável.

Artigo
 


Tudo o que você gostaria de saber sobre o registro de uma união estável.

Continua após a publicidade
Artigo Registro União Estável

M uitos casais quando se encontram em um relacionamento duradouro, de convívio público e contínuo escolhem registrar esta união através de um contrato de união estável.

Os motivos são diversos, seja para poder definir claramente qual é o regime de comunhão de bens que rege a união, seja para poder utilizar o contrato para o cadastro do parceiro em um plano de saúde, entre inúmeras outras opções.

Vamos debater neste artigo diversos pontos e vantagens sobre o registro de uma união estável e quais são os benefícios que surgem com este registro.

O registro de uma união estável é obrigatório?

Não. Não existe uma obrigação em se registar a união estável.

Existem diversas maneiras para se provar que uma união estável existe, ou existia, entre o casal, mas o registro da união estável ajuda a tornar pública perante terceiros esta união.

Além disso, caso a união não dê certo no futuro, o registro em seu contrato ajuda a confirmar as datas, condições, regime de bens escolhido entre o casal, entre outros detalhes da relação, poupando estresse e tempo desnecessário que surgiria em uma disputa judicial.

Quem pode solicitar o registro de uma união estável?

O registro de uma união estável, feita através de seu contrato de união estável, pode ser feita por qualquer casal, hétero ou homossexual, desde que não se tenham qualquer impedimento legal.

Os impedimentos legais para uma união estável são exatamente os mesmos impedimentos do casamento, e eles estão citados no Código Civil em seu artigo 1.521.

Código Civil, Art. 1.521. Não podem casar:

I – os ascendentes com os descendentes, seja o parentesco natural ou civil;
II – os afins em linha reta;
III – o adotante com quem foi cônjuge do adotado e o adotado com quem o foi do adotante;
IV – os irmãos, unilaterais ou bilaterais, e demais colaterais, até o terceiro grau inclusive;
V – o adotado com o filho do adotante;
VI – as pessoas casadas;
VII – o cônjuge sobrevivente com o condenado por homicídio ou tentativa de homicídio contra o seu consorte.

Alteração do estado civil e parceiros casados

Deve-se ressaltar que com a união estável o estado civil dos parceiros não é modificado. Ou seja, se antes do registro da união estável o parceiro era solteiro, então este continuará se declarando como solteiro.

Parceiros casados, ou que ainda estão casados mas em processo de separação, não podem ter o registro da união estável. Isto porque de acordo com o código civil pessoas casadas não podem contrair um novo casamento, assim como uma união estável.

Recomenda-se que nestes casos, o parceiro casado deve concluir o seu processo de divórcio antes de iniciar o registro de sua união estável.

Quais são as vantagens e benefícios com o registro da união estável?

O registro de uma união estável lhe possibilita algumas vantagens, e entre elas podemos citar:

I - Ajuda a definir claramente o regime de bens do casal, facilitando caso ocorra uma separação;
II - Permite a inclusão do parceiro em planos de saúde e também em seguros de vida;
III - Ajuda a conseguir o recebimento de pensão caso ocorra a morte do parceiro;
IV - Dá direito à herança do parceiro em caso de falecimento;
entre outras.

Como registrar a união estável?

O registro de uma união estável deve ser feito em um Cartório de Registro de Títulos e Documentos, e este registro pode ser feito mediante um contrato de união estável particular ou diretamente com o registro público.

O que diferencia-os é o custo, aonde o registro utilizando um contrato particular costumar ser muito menos custoso.

Citamos os detalhes e como efetuar o registro em nosso artigo:
Como oficializar uma união estável.

Continua após a publicidade

Conclusão

Em todos os casos percebe-se a importância de se ter um contrato bem definido. Este contrato servirá como uma segurança entre todos os envolvidos.

Sempre faça um contrato claro e objetivo, evitando assim conflitos que poderiam resultar em brigas judiciais, prevenindo as partes de prejuízos e da perda de tempo.

Se você tiver qualquer dúvida ou queira comentar sobre este artigo vá na sessão de comentários logo abaixo, respondemos bem rápido para você!

Referências:
Lei 10.406
Lei 9.278

Curtiu nosso artigo?

Deixe a sua curtida, assim o nosso time saberá que o artigo foi útil e nos motivará à criar novos para ajudar você.

Confira também nossos outros artigos sobre o tema.


Nossos Contratos Busca um contrato personalizado?
Utilize o nosso:
•  União Estável



Continua após a publicidade

Sobre nós!

A 99Contratos é uma LegalTech 100% nacional, criada e desenvolvida pensando no público brasileiro.

Nosso time é formado por especializadas em documentos legais e profissionais apaixonados por novidades que possam ajudar o dia a dia de todos.

Atualmente somos a maior plataforma para a criação de contratos personalizados e documentos legais de forma automatizada do Brasil.

footer email

Qualquer dúvida entre em contato conosco pelo e-mail contato@99contratos.com.br, ou pela opção de contato localizado no menu em nosso site. O atendimento é realizado de segunda a domingo, das 8h à meia noite.

© 2018 - Todos direitos reservados - 99Contratos - Seu documento personalizado!